O Outro Lado do Paraíso: Vilão, Renato obrigada Laura a cometer crime após ela ganhar emprego em hospital

A novela O Outro Lado do Paraíso se encaminha para seus capítulos finais, e sua trama fica cada vez mais emocionante. Nos próximos capítulos do folhetim, Laura (Bella Piero) será ameaçada por Renato (Rafael Cardoso).

Ela receberá uma ordem do médico para forjar o resultado do teste de DNA de Clara (Bianca Bin) e Aura (Tainá Müller). Para convencer Laura a fazer o serviço sujo, Renato a colocará contra a parede e usará de sua posição no hospital para amedrontar a jovem.

Eu disse que o teste de DNA vai provar o que a Aura quer. Laura, como subdiretor do hospital, teu chefe, fui eu que te arrumei esse emprego, lembra?”, questiona o jovem, que recebe uma resposta positiva da funcionária.

Renato continua a fala deixando claro sua ameaça: “O resultado tem que ser esse que eu disse. Tem que dar positivo. É uma ordem. O resultado do teste tem que ser positivo. Entendeu? Ou o teste dá positivo ou perde o emprego“, crava.

PATRIK IMPEDE GOLPE DE RENATO E FABIANO EM CLARA

Em O Outro Lado do Paraíso, Renato (Rafael Cardoso) prometerá vingança contra Clara (Bianca Bin) após ser desmascarado e abandonado em pleno casamento, na frente de todos. Ele então deixa a cidade de Palmas e parte para o Rio de Janeiro, em busca de Fabiana (Fernanda Rodrigues), para tirar tudo que pertence à mocinha.

Lá, os dois se casam e, após uma passagem de tempo, irão juntos para o Tocantins. Clara e Patrick (Thiago Fragoso), que é advogado, estarão jantando juntos e a campainha tocará, no capítulo previsto para ir ao ar no dia 26 de março. “Janete, abre faz favor”, pedirá Clara, e a empregada tomará o maior susto.

Renato e Fabiana estarão na porta e Janete grita: “Ai meu Deus”. “Que aconteceu”, pergunta Patrick, que reencontra a prima e o rival. “Como vai, Clara?”, pergunta a dondoca. “Fabiana…”, reage Clara. “Clara. Patrick, como vai, primo? Quanto a você, Clara, não preciso perguntar. Vejo que está muito bem instalada”, dirá a loira.

“Que luxo. Tudo isso aqui é meu. Vim buscar o que me pertence”, dispara a mulher, no encerramento do capítulo. No dia seguinte, a cena começará com o choque de Clara, que dispara: “Que conversa é essa? Tudo que está aqui é meu”. “Não me venha com essa. Descobri tudo que fez”, surpreende Fabiana.

“Eu não roubei. Elas me pertenciam. Sua avó me doou cada uma delas”, defende-se a morena, surpresa com os dois juntos. “Como descobriu a Fabiana?…Ah, nem precisa responder. Clara, eu disse que era arriscado contratar a Janete”, reclama Patrick. “Sobrou pra mim”, lamenta a empregada, que dirá que não falou por mal.

“Sempre tive curiosidade em saber como a Clara ficou rica. Quando ela casou com o Gael, não tinha onde cair morta. Foi parar num hospício… Quando reapareceu, tava rica. Milionária. Mas roubou três telas de pintores importantes da casa da Fabiana.”, acusa Renato, e Fabiana revela como descobriu tudo.

“Estou falida. De uma hora para outra, fiquei sem grana. Desesperada, eu e meu contador verificamos cada recibo de meu avô e minha avó…foi deles que herdei a fortuna, pois meus pais morreram cedo. E descobri a existência das telas”, explica, tentando dar um golpe inicial em Clara, fazendo uma proposta.

“Podemos chegar a um acordo. Tenho uma proposta. Se entro com um processo, provo que minha avó estava interditada, que não podia doar as telas. Entro com uma acusação de roubo também. Que acha?”, dispara. “Pare de fazer ameaças e diga a proposta”, pede Clara, assustada.

“Eu descobri no mercado internacional por quanto vendeu. 125 milhões de dólares. Mas podemos entrar em acordo. Você me devolve 100 milhões”, propõe. Clara fica tentada a aceitar, mas Patrick intervém: “Ela não aceita. Eu falo por você, Clara. Ela não aceita”. “Prefere o processo? A acusação de roubo?”, ameaça Fabiana.

“Pode ir pra cadeia, Clara”, dirá Renato, que é expulso da casa com a loira, enquanto Clara pergunta o motivo de Patrick não ter aceitado a proposta. “Um acordo extrajudicial pode ser contestado, Clara. Ela poderia pegar os cem milhões e depois exigir mais. Tirar cada centavo que você tem”, revela.

“Conheço minha prima. E também já conheço o Renato. Pior. Ele tem vontade de se vingar de você. Com acordo ou sem acordo, vai acusá-la de roubo”, explica. “Mas se eu perder…vou presa”, lamenta Clara. “Você não pode perder. Eu vou lutar por você. Dou meu sangue, Clara, mas você não perde essa causa”, finaliza Patrick, que a abraça em O Outro Lado do Paraíso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *