“O Outro Lado do Paraíso”: Laura desobedece Renato, é demitida e Samuel toma atitude

Conforme já noticiamos aqui no TV Foco, Laura (Bella Piero) será colocada em uma situação constrangedora por Renato (Rafael Cardoso) em O Outro Lado do Paraíso. Ela, que fica responsável pelos testes de DNA do hospital de Palmas, será obrigada a provar que Aura (Tainá Müller) é irmã de Clara (Bianca Bin) e neta de Josafá (Lima Duarte).

A atitude de Renato é consequência do seu plano com Sophia (Marieta Severo) para impedir que as minas de esmeraldas fiquem com Clara no futuro e, chamada na sala de Renato, Laura ficará em choque com a proposta indecente. “Cê vai receber um teste de DNA pra analisar”, dirá o médico.

“São pessoas que cê conhece. Pra provar que a Aura…”, dirá ele, que será interrompido. “A doutora Aura trabalha no hospital. Sei quem é”, responde a jovem. “É irmã da Clara”, afirma o diretor do hospital. “Elas são irmãs?”, questiona a esposa de Rafael, que é amigo de Renato. “O teste de DNA vai provar”, garante ele.

“Eu vou me dedicar com toda atenção. Tou muito surpresa”, comenta Laura. “Não me entendeu, Laura. Eu disse que o teste de DNA vai provar o que a Aura quer. Laura, como subdiretor do hospital…Teu chefe…Fui eu que te arrumei esse emprego, lembra?”, chantageia. “Foi. Você sim”, responde ela.

“O resultado tem que ser esse que eu disse. Tem que dar positivo. É uma ordem. O resultado do teste tem que positivo. Entendeu?”, dispara. Laura fica sem reação e comenta: “Mas eu não posso…”. E ele a ameaça: “Ou o teste dá positivo ou perde o emprego”. “Agora pode ir. Já sabe. Positivo”, finaliza.

No entanto, nas cenas previstas para irem ao ar no dia 29 de março, ela ficará abalada e sua decisão não será mostrada ao público. Na hora do julgamento, confiantes de que ela falsificou o exame, Sophia, Renato e Aura terão uma desagradável surpresa e, a partir daí, a jovem passará a ser perseguida pelo vice-diretor do hospital.

Sou amiga da Clara, sim, e jamais faria nada contra ela. Me ajudou muito na vida. Mas, principalmente, eu não ia falsificar um teste de DNA. Eu tenho uma carreira inteira pela frente, mal tou começando. Não vou vender o resultado de um teste!”.

Renato dirá que ela está demitida, mas Samuel (Eriberto Leão), diretor do hospital, chegará bem na hora e tomará uma atitude surpreendente: “Eu não autorizo a demissão da Laura. Você diz que foi um pedido da Sophia? Sei o quanto ela pode ser… Insistente. Vou deixar passar, Renato, só desta vez, porque tem sido eficiente”.

“Como diretor deste hospital, eu o proíbo de demitir qualquer pessoa”, finaliza Samuel, regenerado após a vingança de Clara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *