“O Outro Lado do Paraíso”: Beth fica louca e quebra tudo na casa de Clara por motivo chocante

Conforme já antecipamos em primeira mão, Beth terá seu grande segredo revelado na trama global “O Outro Lado do Paraíso” e, diante disso, ela será impedida pelos médicos de salvar a vida de Adriana, sua filha.

Quando descobrir que não vai poder fazer a doação para Adriana por ser uma alcoólatra, Elizabeth ficará completamente surtada. Ela chegará na casa de Clara completamente arrasada e começará a quebrar todas as garrafas de bebida alcoólica.

“Dona Elizabeth, o que está acontecendo? O que a senhora está fazendo? A senhora vai se machucar”, dirá Janete, demonstrando estar assustada com a atitude da alcoólatra. Diante do surto de Beth, Janete ligará rapidamente para a patroa. “Clara, pelo amor de Deus, socorro, é a tua mãe”.

Patrick, Clara e Radu chegarão rapidamente e também ficarão em choque com a cena. Renan chegará em seguida, não acreditando no que está vendo.

“O que está acontecendo aqui? Por que me chamou, Clara? ”, perguntará Renan. “Minha mãe está surtada, está quebrando tudo dentro de casa”, Explicará Clara.

“Eu já imagino o que aconteceu”, deduz ele. “Explique. Mãe, você também me deve uma explicação. Diga o que está acontecendo. Eu não estou entendo o porquê desse ataque”, pedirá a mocinha.

Patrick também dirá que também já imagina o motivo e Renan perguntará se Beth foi ao hospital. “Eu fui no hospital”, confirmará Beth, aos prantos. “Sim, a minha mãe é compatível com a Dri. Vai poder doar o rim, fui saber os resultados dos exames… ah, mãe, você tem alguma doença grave”, questionará Clara.

“Tenho sim. Eu mesmo”, responderá Beth. “Beth, sinceramente, é melhor você se explicar”, aconselhará Patrick. “Gente, explicar o quê? O que vocês sabem que eu não sei? ”.

Beth finalmente decidirá contar para Clara a verdade e assumirá que depois que se passou por morta começou a beber freneticamente e que Patrick já sabia do seu vício em álcool.

“Eu sabia sim, descobri e dei muitos conselhos a ela, pedi para que ela parasse, mas ela nunca me ouviu”,confirmará o advogado.

“Você não me entende, eu não conseguia ouvir! Passei por tanta coisa ruim, tanta, com a rejeição da Dri, com o fato de ela não me aceitar, que bebi, bebi muito. Estou bebendo todo esse tempo”, lembrará Beth.

Clara lembrará dos desenhos tremidos feito pela mãe e irá perguntar se Renan também já sabia do alcoolismo. “Sabia sim. E quando minha mentira foi descoberta, em um encontro particular que tive com a Beth, eu disse que já sabia o dela. A Beth às vezes vai no meu flat e bebe muito. Quando eu vi que ela iria doar o rim, fiquei com medo de que algo desse errado. Foi isso que acontecer, Beth? ”, perguntará Renan.

“É sério, mãe? ”, perguntará Clara. “Mais sério do que pode imaginar, Clara. Meus rins estão ótimos, eu seria uma boa doadora. Mas meu fígado está totalmente comprometido. Início de cirrose. Pelo que eu entendi, o médico disse que ainda posso me tratar. Mas não posso ser a doadora, não poderei doar meu rim para salvar a minha própria filha. O médico contou que eu não resistiria aos medicamentos. Eu não sou boa, Clara. Eu não consigo ser boa nem para minha própria filha”, lamentará Beth, chorando muito.

Clara notará o desespero de Beth e tentará acalmá-la, que insistirá em se culpar. “Mãe, e se você parar de beber, existe alguma esperança? ”, perguntará Clara. “Bem poucas. O fígado é um órgão que se recupera. Mas não no tempo que precisamos, entende? ”, perguntará Beth.

“Não há tempo para eu me recuperar e ter condições de doar meu rim. O tempo da minha filha é muito curto. É por culpa minha que ela irá morrer. Por minha culpa”, dirá Beth.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *